top of page
  • arpoadoreventos

Harmonização de Cervejas e Alimentos – Parte 2


Dando sequencia a esse tema delicioso, hoje vamos apresentar mais 8 tipos de cerveja e harmonizá-los. Segue a gente!


Witbier


Witbiers também são cervejas feitas à base de trigo, no entanto vem de tradição belga. Normalmente são leves e refrescantes e levam na receita sementes de coentro e cascas de laranja. Isso enfatiza os sabores condimentados e principalmente frutados cítricos. Seu teor alcoólico varia de 4,8% a 5,6%.

A primeira opção são justamente os peixes e frutos do mar, como camarões, lagostas, lagostins, caranguejos e mexilhões. Além disso, se você gosta de sushi e sashimi, essa é uma ótima bebida para acompanhar – apenas lembre-se de não exagerar no molho shoyu, ou isso pode interferir na combinação.

Por fim, não podemos deixar de falar que a cerveja Witbier também é uma ótima opção para os vegetarianos e veganos (ou simplesmente para quem gosta de pratos sem carne), já que harmoniza perfeitamente com saladas diversas, beterraba e, por que não, um risoto de limão siciliano!


Stout


As Stouts são cervejas escuras feitas com maltes intensamente torrados. Isso traz um amargor agradável, com aromas e sabores de café expresso e chocolate.

É importante ressaltar que o gosto e cheiro de café está no próprio malte e é decorrente do processo de torra do malte. Esse gosto de café é a principal característica deste estilo e é o que o diferencia das Porters: enquanto na Porter a referência é o sabor e aroma de chocolate, na Stout o café é o que marca na boca e no nariz.

Em geral as cervejas deste estilo têm 5% de álcool, na versão Dry Stout e cerca de 8% na Imperial Stout. A versão Dry é bem seca e leve, permitindo ser bebida em quantidades maiores. Assim a cerveja fica com corpo leve e é incrivelmente refrescante.

A harmonização histórica da Stout é com ostras. O sabor do malte torrado com o amargor da cerveja escura faz o sabor da ostra explodir. Só experimentando para entender essa combinação histórica e clássica.

Esse estilo tem uma incrível capacidade de equilibrar alimentos muito salgados, por isso vai muito bem com presuntos de Parma, Pancetta e Jamón. Um ótimo acompanhamento para aquela tábua de frios, não é verdade?

Entre os queijos, o gorgonzola combina muito bem com a Stout. O sabor lácteo do queijo fica acentuado e você consegue ter um novo gosto na boca. A combinação vale para qualquer queijo azul.

Nas sobremesas vai bem com o Tiramissu (exatamente pelo perfil de café que a cerveja traz) e com um chessecake de Chocolate, por exemplo. A versão com mais álcool (Imperial Stout) combina muito com Creme Brûlée.


Porter


Facilmente confundida com as cervejas Stout, a Porter é uma cerveja com maltes menos torrados, lembrando versões mais sutis de café e chocolates mais adocicados. Não é raro apresentarem notas também de caramelo e toffee, tornando-as mais complexas. Amarga na medida. com teor alcoólico que vai de 4% a 5,4%

Entre as sobremesas, opte por sabores menos agressivos de torrefação, como trufas de chocolate ao leite. Experiente também com sobremesas a base de fruta, principalmente vermelhas e secas. Você não vai se arrepender! Cheesecake também é uma boa pedida, mas se você quer uma dica, experimenta sua porter com um brownie de chocolate.


Bock


A Bock é um estilo de cerveja lager. É doce, relativamente forte e levemente lupulada. Sua cor pode variar de cobre claro ao castanho, com muito e persistente colarinho. O paladar é suave, possui uma baixa a moderada carbonatação. O sabor é rico, às vezes com um pouco de caramelo. A presença de lúpulo é quase indetectável, fornecendo apenas amargor suficiente para que a doçura não seja enjoativa e o gosto seja impactado.

As Bocks (Helles Bock – versão clara e Dunkles Bock – versão escura), são as com teor alcoólico mais baixo, variando de 6,3 a 7,4% e menos encorpadas. Já as Doppelbock, como o nome indica, são cervejas mais fortes, mas não exatamente com o dobro de teor alcoólico: variam de 7 a 10%

Harmonizam com queijos semiduros, carnes vermelhas, churrasco e bisteca suína.


Vienna Lager


De cor âmbar, as cervejas do estilo Vienna Lager possuem características mais ligadas aos maltes, lembrando caramelo e até toffee. Versões americanas podem ainda ter aromas e sabores cítricos dos lúpulos. e teor alcoólico entre 4,7% e 5,5%.

Harmoniza bem com aves assadas, como frango (experimente com um salpicão), salsichas e pratos condimentados como tacos mexicanos. No primeiro caso, as notas levemente carameladas da cerveja combinam por semelhança com a caramelização das carnes assadas. No segundo, a cerveja contrasta com a pimenta, amenizando a sensação de picância.


Premium Lager


Estilo mais consumido no Brasil e no mundo, a American Lager é leve refrescante, com coloração amarelo claro ou dourada, sabores maltados e amargor discreto. As cervejas do estilo Premium Lager estão dentro dessa categoria, mas normalmente são feitas com maior teor de malte, o que lhes dá mais corpo, e podem ter mais lúpulo, o que aumenta o amargor. Tem baixo teor alcoólico – 4%

Na harmonização, pedem pratos leves, como saladas (experimente com a Ceaser Salad), peixes brancos grelhados, aves e queijos suaves. Fica muito bem também com pizzas e batata frita


Pilsen

De cor dourada, tem amargor de lúpulos bem pronunciado, aroma floral e um sabor de pão de malte. Na boca, o final é bem seco, restando apenas uma ponta de amargor e gosto de cevada. O teor alcoólico está na faixa dos 5%.

A Pilsen é uma cerveja bem pura e simples no sabor. Não tem frutas, condimentos, maltes torrados – nada que se destaque ou se sobressaia aos demais ingredientes. Nem por isso é uma cerveja que deve ser desprezada na hora de harmonizar, principalmente levando em conta o poder refrescante da bebida, que ajuda muito no verão brasileiro!

Para quem gosta de salgadinhos fritos, a boa notícia é que a Pilsen vai bem com praticamente todos. Uma coxinha, um risole, quibe – todos se aproveitam das qualidades da cerveja para equilibrar o sal e a gordura da fritura.

Outra combinação boa é com frutos do mar. Por ser uma cerveja bem leve, não briga com os também delicados sabores de camarões e peixes, por exemplo. Uma porção de camarão frito desce super bem com uma Pilsen. O salmão é um peixe que combina com a bebida, pois o amargor da cerveja permite suportar a oleosidade do peixe, quando servido de forma grelhada. A ressalva aqui para os frutos do mar vai para mariscos e vieiras – eles têm o sabor muito forte e acabam passando por cima da delicada Pilsen.

O amargor e a carbonatação ajudam em pratos picantes – como os indianos e vietnamitas, enquanto a doçura do malte ajuda a diminuir a sensação da pimenta. O prato só não pode ter notas doces acentuadas. Frango com curry, por exemplo, é uma boa combinação para a Pilsen.

Comida mexicana também combina bem com uma Pilsen, principalmente se for um tira-gosto, como salsa, feijão, sour cream, acompanhados de uma tortilla. A carbonatação ajuda a limpar a boca, enquanto o lúpulo realça o sabor do cominho e do coentro.

Presuntos tipo parma também harmonizam com a Pilsen. O salgado da carne é equilibrado pelo dulçor do malte e pelo amargor do lúpulo, permitindo que você aproveite mais o sabor da carne.


Rauchbier

A Rauchbier é composta pela cor âmbar acobreado a marrom escuro, espuma volumosa e cremosa com coloração creme a bronzeada.

A mescla de esfumaçado e de malte com um balanço e intensidade variável fazem parte do aroma desse estilo. O caráter de esfumaçado de madeira de faia pode variar de sutil para bastante forte e pode parecer defumado, lenhoso ou bacon. Já o caráter do malte pode variar de baixo a moderado, e ser um pouco rico, tostado ou maltado doce. Seu teor alcoólico é de 5%

Harmonizam bem com pratos de sabor forte ou mais gordurosos, como é o caso do churrasco, da feijoada, feijão tropeiro ou que contam com salame, linguiça, paio e feijão em seus ingredientes.


E assim encerramos nossa harmonização, lembrando que essas orientações são dicas que podem te ajudar na hora da harmonização, mas não são regras que devem ser seguidas obrigatoriamente. Faça testes e veja como que as cervejas e os pratos harmonizam, assim você poderá encontrar novas formas de combinação.

Você sabia que podemos fazer eventos com harmonização de cerveja? Fica a dica!

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commenti


Post: Blog2_Post
bottom of page